Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Juiz decide até terça-feira para qual presídio Corrêa será transferido

Publicado em Sem categoria por em 6 de janeiro de 2014

O ex-deputado federal Pedro Corrêa, condenado no julgamento do mensalão, está com os dias de prisão contados no Centro Operação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. O juiz da 1ª Vara de Execuções Penais, Luiz Gomes da Rocha Neto, confirmou que decide até, no máximo, terça-feira (7) – coincidentemente a data de aniversário de Correa – qual a penitenciária onde o reeducando cumprirá a pena de sete anos e dois meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“No mais tardar na terça, pois não tem mais cabimento ele estar no Cotel. Acontecerá com ou sem pedido da parte do reeducando”, afirmou o magistrado. O novo advogado de Pedro Correa, Plínio Nunes, que assumiu o caso na última sexta-feira (3), só pode protocolar pedido de transferência a partir de hoje. “Essa não é uma matéria de plantão, por isso, não poderia ter acontecido no final de semana”, explicou o juiz Luiz Rocha.

Pedro Corrêa permanece detido no Cotel desde o dia 28 de dezembro, quando foi transferido do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para o Recife. Apenas três penitenciárias em Pernambuco recebem presos em regime semiaberto: a cadeia pública de Jataúba, que já teve o pedido indeferido pelo STF, Canhotinho e de Itamaracá.

Deixar um Comentário