Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Gonzaga Patriota se solidariza com fruticultores do Projeto Fulgêncio

Publicado em Notícias por em 5 de janeiro de 2018

O deputado Gonzaga Patriota/PSB-PE, vem mantendo contato com autoridades governamentais – CODEVASF, CHESF e BNB, tentando aliviar o sofrimento de milhares de fruticultores do Projeto Fulgêncio, em Santa Maria da Boa Vista e Brígida, em Orocó, que sofreram perdas de aproximadamente 90% da sua cultura de banana, com a ventania ocorrida no último dia 23 de dezembro.

Segundo dados do IBGE, em levantamento bimestral realizado recentemente no Projeto Fulgêncio, em Santa Maria da Boa Vista, em novembro de  2017, a área cultivada e em fase de produção, totalizava 2.700 hectares, com uma expectativa de colheita de 48.600 toneladas para o citado mês, com o sinistro registrado, sob forma de ventania no bananal, houve uma perda nesse município, dos bananais, em fase de produção, quer seja nas ilhas, no Projeto Fulgêncio e demais áreas ribeirinhas, em torno de 85%  do montante total previsto.

Segundo Patriota que, com o apoio do extensionista rural do IPA, José Américo Barros Leite, em análise da situação dos agricultores envolvidos nessa cadeia produtiva, verificou que a situação financeira atual desses produtores é totalmente desfavorável, para que os mesmos possuam quitar seus compromissos junto aos fornecedores, agências de crédito e, ainda, terem que gerar renda necessária à manutenção das suas famílias.

O deputado sertanejo cita em sua nota que nessa cadeia produtiva estão envolvidos cerca de 800 agricultores no município de Santa Maria da Boa Vista e, apenas 150 deles, acessaram o crédito específico para custeio e/ou investimento, destinado a cultura da banana e, desses 150 agricultores,  apenas cerca de 30% possuem seguro do PROAGRO em suas operações bancárias, ficando os demais agricultores em situação de grande vulnerabilidade, frente aos prejuízos decorrentes da perda.

Gonzaga Patriota está pedindo ao Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, que autorize a CODEVASF a intensificar uma campanha de ajuda com os seus recursos, para recuperação urgente das áreas atingidas, em razão das chuvas que começaram a cair na região neste dia 4 de janeiro.

Deixar um Comentário