Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Família de Pedro Corrêa aguarda transferência do ex-deputado

Publicado em Sem categoria por em 24 de dezembro de 2013

Do JC Online.

Condenado a sete anos e dois meses de prisão por envolvimento no esquema do mensalão, o ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP) deve ser transferido esta semana para Pernambuco, onde cumprirá pena na cadeia pública de Jataúba, distante 180 quilômetros do Recife. O pedido foi autorizado na última sexta-feira (20) pelo ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas a família e os advogados aguardam a liberação do ex-parlamentar pela Vara de Execuções Penais de Brasília.

Fábio Corrêa, advogado e filho do ex-deputado, destacou que o pedido de remoção para Jataúba foi feito com base na Constituição Federal e disse que o pai poderá cumprir pena próximo a fazenda da família, onde deve ficar sua mãe. “Meu pai foi condenado a cumprir um regime semiaberto e está em regime fechado. A Constituição Federal lhe concede o direito de cumprir pena próximo à família. Minha mãe e meu pai vivem juntos há 50 anos, imagine o que ela está sentindo longe dele”, disse Fábio.

A expectativa dos familiares é que Pedro Corrêa seja transferido ainda a tempo de passar o Natal em solo pernambucano.

A possibilidade de cumprir o regime semiaberto na cadeira pública de Jataúba surgiu depois que o ex-parlamentar foi aceito pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe para trabalhar como médico em um Programa de Saúde da Família (PSF), cidade localizada a 10 quilômetros de Jataúba. Apesar de ter atuado 28 anos como político, Pedro Corrêa é médico com especialização em radiologia.

Deixar um Comentário