Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Em Surubim, Humberto alerta a população sobre risco de retrocesso no governo Temer

Publicado em Notícias por em 2 de julho de 2016

2016-07-01 20.35.31Em visita ao município de Surubim, no Agreste pernambucano, para a inauguração de obras, o senador Humberto Costa (PT) alertou sobre o risco de várias conquistas sociais acabarem no País no governo do presidente interino Michel Temer (PMDB).

“A gente abre o jornal e só vê notícia ruim. É corte na educação, corte na saúde, querem acabar com as conquistas da população brasileira. Falam até em aposentadoria aos 70 anos. Eu me pergunto: como é isso? Em Pernambuco, a expectativa de vida é de 68 anos. Temer quer que as pessoas morram sem se aposentar? Isso sem contar, nos escândalos. Parece jogo de dominó, um ministro caindo atrás do outro”, disse o senador.

Humberto também comentou a pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem que mostra que o governo interino é rejeitado por 53% da população. “É um governo duplamente ilegítimo. Primeiro, porque o que Temer e seu grupo querem é golpear a democracia, desrespeitando a vontade de 54 milhões de brasileiros que escolheram Dilma Roussseff (PT) presidente. Em segundo lugar, é ilegítimo porque não tem respaldo nenhum da população. Nunca vi em tão pouco tempo, com um mês apenas de governo, uma gestão ser tão desaprovada pela população”, avaliou o senador.

Humberto esteve em Surubim para participar da inauguração do anel viário do município. Ao lado do prefeito Túlio Vieira (PT), do senador Armando Monteiro (PTB), do deputado federal Silvio Costa (PTdoB) e de outras lideranças políticas, Humberto percorreu toda a extensão da obra, que vai ligar o bairro de São José ao centro do município.

“Essa é uma obra importante para o município de Surubim porque vai beneficiar toda a população da cidade, trazer desenvolvimento. Num momento de uma crise como essa Túlio conseguiu fazer uma obra desse porte e isso mostra que ele é um prefeito competente, honesto, que trabalha pensando no seu povo e faz as coisas com o maior carinho”, disse Humberto. O anel viário custou cerca de R$ 650 mil e conta com recursos de uma emenda do senador Humberto Costa de cerca de R$ 530 mil. O restante do valor, cerca de R$ 120 mil, é de contrapartida da prefeitura do município.

Deixar um Comentário