Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

“Nordestino não lê, só vive de ajeitado, gosta de ser submisso”, diz Gerente do INSS Tabira. Ouça:

Publicado em Notícias por em 9 de julho de 2019

“Sabe pegar um celular e só fazer fuxico pra dizer que está tomando cachaça nas redes sociais”

O blog teve acesso à fala do Gerente do INSS, Agência Tabira, Berinaldo Leão, que generalizou e fez duras críticas ao perfil dos nordestinos falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM.

Berinaldo declarou que a população “precisa se adequar aos novos tempos, pois hoje apenas o Auxílio Doença não precisa de agendamento no INSS”.

Irritado com as reclamações no Rádio e nas redes sociais quanto à qualidade de seu atendimento, Berinaldo se mostrou agressivo.

“A Diretoria do INSS resolveu e entendeu que na maioria dos nossos serviços o cidadão pode fazer via internet, redes sociais. Só que o Brasil, principalmente o Nordestino, que tem muita gente que tem medo de falar, tem orgulho de ir pra São Paulo chegar lá, copiar o paulista e chegar falando di manhê e paiê. Te que ir pra lá e falar pru qui e pru cá”.

E seguiu: “o Nordestino não lê, só vive de moleza, só vive de querer ajeitado, de jeitinho brasileiro. Tô generalizando que conheço todas as regiões do país”. Anchieta retruca: então nordestino é preguiçoso?  “Não, não é preguiçoso, ele gosta de ser submisso. Nordestino tem que levantar a cabeça. Temos vários doutores, várias pessoas inteligentes nesse país que  são nordestinos. Agora, nordestino gosta de ser submisso, principalmente a políticos”.

Foi além: “Nordestino sabe pegar um celular e só fazer fuxico. Porque não pega um celular e vai ver seus direitos na Internet? Mas não, Quando é um fuxico pra dizer que está tomado cachaça num sei onde e botando nas redes sociais só besteira, ele sabe fazer isso”. Pouco depois, disse que “alguns chegam agredindo, mal-humorados, trazendo problemas de casa”. E afirmou: “Comigo quem trata mal recebe na mesma moeda”. A declaração do gerente foi bastante contestada pelos ouvintes.

Ouça a fala de Berinaldo Leão:

 

Berinaldo ignora o fato de que muitos dos segurados ou interessados que procuram a agência sequer tem celular, conhecem a internet e redes sociais, como os especiais. A Assessoria do INSS ainda não respondeu ao blog.

Deixar um Comentário