Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Congresso confirma maioria de prefeitos fechado com projeto de Eduardo Campos

Publicado em Sem categoria por em 20 de março de 2014

Do Diário de Pernambuco

O Congresso Pernambucano de Municípios abriu, na última segunda-feira, presenteado com um novo Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (FEM), anunciado pelo governador Eduardo Campos (PSB), e encerrou ontem confirmando o apoio da maioria dos prefeitos pernambucanos à candidatura do socialista à Presidência da República.

Durante o encerramento, coube ao prefeito de Cumaru e 1º tesoureiro da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), Eduardo Tabosa (PSD), fazer o discurso mais ardoroso. “Em maio, estaremos na marcha dos prefeitos para aplaudir o governador e futuro presidente Eduardo Campos”, disse, em uma referência ao evento realizado em Brasília.

20140320082911151580o

Apesar dos discursos elogiosos a Campos, Patriota negou conotação eleitoreira do evento. Foto: Claudio Gomes/Divulgação

O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota (PSB), também arrancou aplausos ao citar o governador. No entanto, negou a conotação eleitoreira do congresso, lembrando que a oposição também teve espaço para discursar. “Espero que o próximo governador, tenha o nome que tiver, traga outro FEM (programa de liberação de verbas) e apoie o congresso como fez Eduardo Campos”, disse. O evento não contou com a presença do governador.

A empolgação dos prefeitos presentes ao congresso com a gestão socialista tem uma explicação matemática. O PSB comanda 57 das 184 prefeituras pernambucanas. Além dos socialistas, a Frente Popular que apoia Eduardo Campos abrange outros 13 partidos. A oposição, por sua vez, conta com um pequeno número de prefeituras do PTB, PT e alguns dissidentes como o prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PMDB).

No encerramento, houve a entrega do Práticas Inovadoras em Gestão Municipal. A vencedora foi a cidade de Quixaba. Outras premiadas foram Ingazeira, Carnaíba, Tacaratu, Arcoverde e Olinda.

Deixar um Comentário