Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Carlos Veras nega rompimento do PT com Sebastião Dias, mas quer a Secretaria de Agricultura recebendo o mesmo tratamento dado a assistência social

Publicado em Sem categoria por em 18 de janeiro de 2014

Por Anchieta Santos

Diante dos rumores de que o grupo do PT que ocupa espaço no governo Sebastião Dias estaria prestes a se afastar da administração, o Presidente da CUT e liderança do partido dos trabalhadores, Carlos Veras disse ontem que abandonar o barco agora seria irresponsabilidade. Falando a Rádio Cidade FM, Veras negou insatisfação.

“Muitas vezes é preciso analisar as fontes que levam as mensagens até aos meios de comunicação. Às vezes as fontes não trazem a verdade”, disse o petista. Ao m esmo tempo, reconheceu que o 1º ano do poeta foi de dificuldades pela herança que recebeu do ex-prefeito Dinca.

Colocou-se entre os que defendem a construção de um novo hospital para Tabira, mas declarou que a reforma que está sendo feita era necessária. Mandou um recado ao Prefeito Sebastião Dias que a Secretaria de Agricultura precisa receber a mesma condição de atuação que é dada a Secretaria de Assistência Social, comandada pela esposa do gestor.

Em relação aos cargos no governo que pertencem ao PT, Carlos Véras disse que o partido indicou apenas a Secretaria de Agricultura, os demais são ocupados por pessoas que foram convidadas pelo próprio prefeito.

Ao mesmo tempo o Presidente da CUT deixou claro que o seu grupo não reconhece o advogado Tote Marques como Presidente da legenda e nem a direção formada, pois o PED-Tabira foi anulado.

Acusou Tote de junto com Tereza Leitão de liderarem um processo equivocado em Tabira e no estado. Provocado a avaliar o comentário do Presidente Tote Marques que disse que Sebastião Dias ao não ouvir o povo estava comentendo os mesmos erros dos antecessores, Carlos Veras considerou uma maldade muito grande comparar o poeta com os desmandos de Dinca.

Mas ao mesmo tempo lembrou que o prefeito tem que ouvir mais para errar menos. Carlos Veras aproveitou para cobrar de Sebastião Dias a implantação do Orçamento Participativo e a criação do prometido Conselho Politico. Concluiu dizendo que é hora do Prefeito de Tabira reunir a equipe e lideranças para avaliar aonde errou e se preparar para acertar mais em 2014.

Deixar um Comentário