Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?
topoblog

Nill Júnior

rss feed Author's Website

Nill Júnior's Latest Posts

MEC recua e diz que abrirá novas vagas para Fies até junho

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

mendonca-filho

JC Online

O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou que irá garantir novas inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) a partir de junho – e não mais para o fim do ano, conforme previsão inicial revelada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” nesta segunda-feira (23).

Mendonça afirma que encontrou o programa sem recursos, mas que conseguiu negociar com o Ministério do Planejamento orçamento para novas candidaturas. “Com a garantia de recursos, a equipe técnica do MEC está trabalhando para, até o final de junho, anunciar o processo das novas inscrições do Fies”, disse o ministério, em nota.

O jornal apurou que o novo ministro assumiu compromisso de dar continuidade aos programas educativos iniciados ou fortalecidos na Era PT (Fies, ProUni e Pronatec), mas que novas vagas dependeriam exclusivamente de um balanço financeiro que, segundo interlocutores do MEC, não seria otimista para este ano.

Mendonça confirma, por exemplo, que o orçamento do Pronatec já está zerado para 2016. Porém, afirmou que o programa não será interrompido. “O MEC está buscando outra solução junto ao Sistema S, o que vai assegurar as novas vagas do Pronatec”, disse a nota.

Clique aqui e comente sobre isto

Arcoverde: a oposição dividida

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

Madalena-Foto-oficial

Por Edilson Xavier*

Arcoverde se prepara para vivenciar uma provável eleição em que as oposições se apresentarão divididas, como ocorreu nos anos de 1992 e 2004, cujos respectivos resultados eleitorais contrariaram os prognósticos.

Na primeira eleição em que a oposição disputou o pleito com mais de um candidato e Rosa Barros, que era a favorita perdeu a eleição em razão dessa divisão. Em 2004, Julião era o franco favorito, a oposição se apresentou com dois candidatos e o resultado todos conhecem. Agora, esse quadro politico está na iminência de ser repetido, quando na presente fase pré-eleitoral as oposições apresentam três candidatos a prefeito.

O fato é que se cogita de três nomes oposicionistas em disputa no pleito municipal desse ano, mudará o formato da disputa. Está se movimentando plenamente Neriane Cavalcanti, esposa do Dr. Zeca, Deputado Federal, que foi Secretária de Ação Social, por oito anos e se prepara para entrar na disputa eleitoral, bafejada ainda pelo prestigio eleitoral do ex-prefeito, que chefiou o Executivo por dois mandatos.

Quem pretende também entrar na disputa eleitoral é o deputado estadual Eduíno Brito, que já disputou eleição de prefeito em 2004, ficando na terceira colocação bem distanciado dos candidatos Zeca, eleito e Julião, cuja eleição foi decidida por apenas 334 votos. Por último, cogita de disputar a eleição de 2016, o ex-vereador e ex-deputado estadual Israel Guerra, veterano em disputas eleitores no campo majoritário e proporcional, quando disputou e se elegeu vereador e deputado estadual, respectivamente.

Israel disputou eleições municipais para o cargo de Prefeito em 2000 perdendo para Rosa Barros e em 2012 para a prefeita Madalena Brito. É de curial sabença que em se mantendo esses nomes das oposições que pretendem disputar o cargo de prefeito com  Madalena Brito, certamente o quadro eleitoral se apresentará amplamente favorável à Prefeita, simplesmente pelo fato de que as três lideranças oposicionistas disputando o pleito com seus respectivos candidatos, não padece de dúvida, que prestarão de forma consciente ou não, um grande serviço á reeleição da prefeita municipal que está esperando por essa imensa ajuda eleitoral e os agradecerá por esse monumental gesto que facilitará sua reeleição.

A análise que se faz desse quadro eleitoral que momentaneamente se apresenta, tendo em vista o fato de que a atividade política é muito dinâmica, é que se for mantido, contribuirá muito para uma reeleição mais que tranquila da prefeita Madalena. E certamente terá o condão de não contribuir para que haja uma boa e acirrada disputa eleitoral no pleito que se avizinha.

O que move as oposições para não se apresentar com um só candidato? Qual a influência sofrem os líderes desses grupos, que não se juntam para a disputa eleitoral? Será que atendem a uma ordem superior para se proporcionar uma eleição mais fácil para a atual prefeita? Pela atuação dos lideres das oposições nos últimos pleitos municipais, observa-se com clareza solar, que não haveria impedimento de ordem pessoal para que se unam e não obstante esse fato, sequer se dispõem ao proveitoso diálogo que poderia ensejar um pleito disputado em forma de clássico eleitoral.

*Foi presidente da Câmara Municipal e da OAB de Arcoverde. 

Clique aqui e comente sobre isto

Sob pressão, Jucá se licencia do Ministério

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016
Jucá: fala em meio a protestos e gritos de

Jucá: fala em meio a protestos e gritos de “golpista”. Do Uol

O ministro do Planejamento, Romero Jucá, afirmou nesta segunda-feira (23) que irá pedir licença do ministério a partir de amanhã após divulgação de áudios de conversa dele com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Jucá deverá retomar o mandato de senador do PMDB por Roraima.

Jucá afirmou que vai pedir que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre se há algum indício no conteúdo do diálogo divulgado de que ele possa ter cometido algum crime. O pedido à PGR deverá ser apresentado na noite de hoje.

Segundo o ministro, caso a Procuradoria entenda que não há ilegalidade na conversa, o presidente interino Michel Temer poderá reconduzi-lo ao cargo.

“Como há uma certa manipulação das informações do meu advogado, que prepare um documento e estamos dando entrada hoje à tarde para que nós tenhamos uma posição do MPF (Ministério Público Federal) se há ou não algum tipo de irregularidade ou crime na conversa. Na medida em que colocar esse documento no MPF, vou conversar com o presidente Temer, vou pedir licença do ministério enquanto o MPF não se manifestar.”

“A partir de amanhã, estou de licença. Vou acompanhar a votação da comissão [de Orçamento] hoje. Amanhã estarei de licença, reassumo o Senado para fazer o enfrentamento aqui até que o MPF se manifeste quanto às condições da minha fala com Sérgio Machado”, declarou.

A declaração foi dada durante visita do presidente interino Michel Temer e de ministros ao Congresso Nacional.

Horas antes, em entrevista no ministério, Jucá havia negado que deixaria o cargo. “O cargo de ministro é uma decisão do presidente Michel Temer. Vou exercê-lo [o cargo] na plenitude enquanto entender que tiver a confiança do presidente Michel Temer”, disse no começo da tarde.

Reportagem do jornal “Folha de S.Paulo” revelou que, em conversa em março com Sérgio Machado, Jucá sugeriu que uma “mudança” no governo federal poderia levar a um pacto para “estancar a sangria” representada pela Operação Lava Jato.  Jucá e Machado são investigados pela Lava Jato.

temTemer recebido no Senado sob gritos de “golpista”:  Ao chegar ao Senado para se reunir com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o presidente interino Michel Temer foi recebido nesta segunda-feira (23) com gritos de “golpista, golpista, golpista” por parlamentares do PT.

Os deputados Moema Gramacho (PT-BA) e Paulo Pimenta (PT-RS) participaram do protesto, acompanhados de assessores.

Temer chegou acompanhado do secretário de Governo, Geddel Vieira Lima, ao gabinete de Renan. O ministro do Planejamento, Romero Jucá, chegou em seguida. Também está presente o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Clique aqui e comente sobre isto

Serra Talhada recebe encontro do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco‏

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

EncontrodeAfluentesIV-Set2015-FotoAndreSantana

Nesta quarta-feira (25/05), o município de Serra Talhada, no Sertão do Estado, sediará o Encontro Regional do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF). O evento, que acontece no auditório da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), no centro da cidade,  a partir das 08:30h, faz parte da mobilização do processo eleitoral para a renovação dos membros do Comitê.

Na programação, apresentação, orientação e explicação do processo eleitoral do Comitê. A intenção é que o evento atraia as diversas entidades e instituições da sociedade civil para participar da eleição para renovação do quadro de membros do colegiado.

O encontro é a aberto para toda a população da região. Podem participar representantes de organizações da sociedade civil e movimentos sociais, instituições educacionais, comunidades ribeirinhas, quilombolas e indígenas, e o poder público, como prefeitos, vereadores, secretários municipais e instituições governamentais.

A previsão de encerramento do evento é às 12h. Outro momento de mobilização está previsto para acontecer no dia 27 de maio na cidade de Pesqueira, no Agreste do Estado.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – É um órgão colegiado, integrado pelo poder público, sociedade civil e empresas usuárias de água, que tem por finalidade realizar a gestão descentralizada e participativa dos recursos hídricos da bacia, na perspectiva de proteger os seus mananciais e contribuir para o seu desenvolvimento sustentável. Para tanto, o Governo Federal lhe conferiu atribuições normativas, deliberativas e consultivas.

Clique aqui e comente sobre isto

Escritório de Projetos e Cefospe divulgam cursos de junho para agentes públicos municipais‏

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

A parceria entre as Secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag) e de Administração (SAD), que oferece vagas em cursos de capacitação para agentes públicos municipais, chega ao seu segundo mês com novas opções de disciplinas. Em junho, estarão disponíveis 75 vagas em 10 cursos diferentes (veja no quadro abaixo). A iniciativa é coordenada pelo Escritório de Projetos e pelo Centro de Formação dos Servidores do Estado de Pernambuco (Cefospe).

Entre os cursos oferecidos em junho, estão Gestão de Projetos com Foco no Modelo Gerencial, Dispensa de Inexigibilidade de Licitação, Capacitação de Gestores dos Serviços de Infraestrutura – Especialidade telemática, Básico para Elaboração de Termos de Referência, Matemática Financeira com Foco no Modelo Gerencial, entre outros.

O objetivo da parceria é garantir que 10% das vagas dos cursos oferecidos pelo Cefospe sejam destinadas a servidores municipais de todo o Estado. A iniciativa visa estimular e fomentar, no âmbito da administração pública, um ambiente de permanente integração institucional, intercâmbio de conhecimentos e capacitação dos agentes públicos.

Os interessados precisam ficar atentos porque alguns cursos exigem pré-requisitos. O de Gestão de Projetos com Foco no Modelo Gerencial, por exemplo, requer conhecimentos básicos sobre elaboração de projetos, do Office Microsoft Excel e do LibreOffice Calc. Já o curso de Atualização em Direito Administrativo com Foco na Gestão Estadual exige que no gestor seja formado em direito e já tenha feito o curso de Noções Básicas de Direito Administrativo do próprio Cefospe.

Em maio, primeiro mês da parceria, 110 vagas foram oferecidas em 11 cursos diferentes. Alguns deles já encerraram, enquanto outros seguem até o fim do mês. Mais informações sobre as inscrições podem ser adquiridas através do telefone (81) 3182.3865, ou pelo email escritoriodeprojetos@seplag.pe.gov.br.

cursos

Clique aqui e comente sobre isto
Damol

Delegacia de Jabotá, no Sertão, arrombada por bandidos‏, denuncia Simpol

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

2016-05-23-PHOTO-00000097Neste final de semana a Delegacia de Polícia do município de Jatobá, Sertão de Itaparica, foi arrombada por bandidos. A denúncia é do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) que esteve na localidade na manhã desta segunda-feira (23).

O presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, afirmou que os marginais não levaram nada por que não quiseram. “Foi para desmoralizar”.

Um dos problemas para que bandidos entrassem à vontade na delegacia é que ela fecha na sexta-feira às 18h e só abre na segunda-feira às 8h. O fechamento da unidade no final de semana no município é ordem da Chefia de Polícia. “Seria preciso que houvesse câmeras na unidade, já que ela fica fechada durante todo o final de semana”, lembra Áureo Cisneiros.

“Esta situação é inadmissível, estruturas precárias como essa da Delegacia de Jatobá não é por motivo da crise econômica, é má gestão mesmo. Nós do Sinpol avisamos que se alguma tragédia acontecer com algum policial civil por conta desta irresponsabilidade, nós vamos culpar diretamente o governador Paulo Câmara”, diz Áureo.

O Sinpol diz em nota que vem fazendo constante denúncia da falta de estrutura das delegacias no Estado, assim como sobre a falta de efetivo. Na grande maioria das delegacias visitadas pelo sindicato, o plantão era de responsabilidade de um ou dois policiais.

Clique aqui e comente sobre isto

Afogados: Prefeitura inaugurou rua no Bairro São Francisco

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016
inauguração (2)

Informações/fotos: Ascom

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira já concluiu a pavimentação/calçamento de quase oitenta ruas, becos e travessas em todo o município, segundo levantamento enviado ao blog. A meta é chegar às 100 ruas pavimentadas até o final da gestão, segundo nota.

A 16ª rua o São Francisco foi inaugurada no último final de semana pelo Prefeito José Patriota, a Rua João Batista do Nascimento, antiga Travessa Sete de Setembro, protagonista de inúmeras reclamações nos veículos de comunicação afogadenses.

O calçamento atendeu a um requerimento do Vereador Igor Mariano. O novo nome da rua foi projeto do Vereador Cícero Miguel. Ambos com expressiva votação no bairro. Foram 1.029 m² de calçamento em paralelo, a um custo de 110 mil Reais, recursos originários de emenda do Deputado Gonzaga Patriota.

inauguração

A inauguração foi prestigiada pela renomada cantora afogadense, Maria da Paz. “Estou muito feliz com o que vejo quando chego a Afogados. Patriota tem feito um bom trabalho,” destacou a artista. O Prefeito Patriota aproveitou para convidar os presentes para novas inaugurações para este próximo final de semana. “Sexta estaremos inaugurando ruas no Bairro Padre Pedro Pereira e no sábado, vamos ao São Braz, inaugurar a pavimentação de duas ruas,” destacou o Prefeito.

Em pouco mais de um mês, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira já inaugurou 11 novas ruas pavimentadas, sendo cinco no bairro Costa, três no Residencial Miguel Arraes, duas no São Braz e uma no São Francisco.

Clique aqui e comente sobre isto

Sertânia 143 anos: programação tem sequência hoje

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

ACADEMIA-DA-SAÚDE-1Sertânia comemora 143 anos nesta terça-feira (24). Hoje (23), a programação tem continuidade com a inauguração da Academia da Saúde e da praça do Alto do Rio Branco, às 19h.

A Academia da Saúde conta com pista de cooper, espaço multiuso, equipamentos para exercícios físicos, além de um prédio com sala de vivência, sanitários, sala de acolhimento, área de circulação e depósito.

“Estamos trabalhando e investindo muito na área da saúde. As academias promovem práticas corporais e atividade física, promoção da alimentação saudável, educação em saúde, entre outros, beneficiando a população”, disse o prefeito Guga Lins.

A partir das 21h, haverá show musical com Harry Estigado e Cavaleiros do Forró, na Praça de Eventos.

Na programação desta terça (24), a partir das17h, inauguração da Secretaria de Saúde (Antigo Centro de Saúde da Mulher), Missa em ação de graças na  Matriz da Imaculada Conceição e corte do Bolo e assinatura da ordem de serviço para construção da UBSF Nova Sertânia e UBSF Cerâmica, na  Sede da Prefeitura.

Clique aqui e comente sobre isto

Governo forma 843 novos sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros‏

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

IMG_0610O governador Paulo Câmara presidiu, nesta segunda-feira (23.05), solenidade de formatura de 843 sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, no Centro de Convenções, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

O curso habilitou os profissionais para assumir funções estratégicas nas corporações. Do total de profissionais capacitados, 608 são PMs e 235 são Bombeiros, alunos da primeira turma do ano de 2016. Para o gestor, a capacitação reitera o compromisso do Governo com a valorização da tropa e com o fortalecimento da segurança pública.

“Estamos formando 843 policiais e bombeiros na primeira turma de 2016 e nos próximos anos vamos investir ainda mais. Tudo isso é fruto do reconhecimento desses profissionais que precisam ser mais valorizados”, afirmou o governador.

Paulo destacou ainda que todos os servidores devem continuar se esforçando para galgar novos espaços na corporação. “Com muito esforço, dedicação e perseverança é possível realizar sonhos”, frisou o chefe do Executivo estadual.

No âmbito da PM, o curso, que teve duração de 120 horas, habilitou os novos sargentos para operar em níveis estratégicos da corporação, comandar fração de tropa e auxiliar Oficiais em rotinas administrativas.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Carlos D’Albuquerque, as promoções reforçam o compromisso dos agentes com o Estado. “São esses incentivos que fortalecem ainda mais as instituições e os profissionais que atuam “, considerou.

Clique aqui e comente sobre isto

Maria Dapaz planeja lançar homenagem a Amália Rodrigues em Afogados

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016
IMG_20160523_101511

Ederck José e Maria Dapaz no Debate das Dez

A cantora afogadense Maria Dapaz falou de seus projetos e da repercussão do CD Maria Dapaz canta Amália Rodrigues no Debate das Dez de hoje na Rádio Pajeú.

Paizinha afirmou que continua colhendo frutos do trabalho gravado em 2015 no Janeiro de Grandes Espetáculos, no Teatro de Santa Isabel.

“Inicialmente havíamos gravado apenas para registro. Mas o trabalho ficou tão bom que resolvemos lançar o CD”, disse.

Ao vivo, Maria Dapaz cantou alguns sucessos do projeto, como “Foi Deus”. Pelo que o blog apurou, é projeto da artista fazer uma apresentação especial de lançamento do projeto em Afogados da Ingazeira. O sonho é trazer o trabalho no  aniversário de Afogados, comemorado dia 1º de julho.

Ela voltou de falar de seu amor e ligação com Afogados da Ingazeira. As raízes musicais nasceram ouvindo a Rádio Pajeú e participando de programas como Domingo Alegre, com Waldecy Menezes. Aos 15 anos, integrou a Marajoara, de Sertânia.

Desde cedo, ouvia composições de Amália Rodrigues. Mas foi vendo a artista ao vivo em um show na Suíça que disse ter ficado hipnotizada, quando decidiu um dia gravar seus sucessos.

Paizinha também falou de sua veia como compositora, lembrando sucessos como Brincar de Ser Feliz, sucesso na voz de Chitãozinho e Xororó, além de tantas composições nas vozes de nomes como João Paulo, Roberta Miranda, Elba Ramalho e Dominguinhos.

Ouça Paizinha interpretando ao vivo “Foi Deus”. É de arrepiar:

Clique aqui e comente sobre isto

Jucá diz que gravação é algo ‘banal’ e que não pedirá para deixar ministério

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

Romero-JucaO ministro do Planejamento, Romero Jucá, afirmou nesta segunda-feira (23), em entrevista à GloboNews, que considera “algo banal” a gravação de um diálogo que teve com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, no qual ele sugere um “pacto” para tentar barrar a Operação Lava Jato.

O ministro disse ainda que não se sente “tolhido para trabalhar” e que, portanto, não pedirá para deixar o cargo.

Senador licenciado e primeiro vice-presidente do PMDB, Jucá é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que investigam a suspeita de que ele recebeu propina do esquema de corrupção que atuava na Petrobras.

Já Sérgio Machado foi citado nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do senador cassado Delcício do Amaral (sem partido-MS). O Ministério Público Federal apurou que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), teria recebido propina de contratos da Transpetro na época em que a subsidiária da Petrobras era presidida por Machado, indicado pelo PMDB para ocupar o cargo de alto escalão.

“Eu não me sinto alvo da Lava Jato e não me sinto incomodado com a Lava Jato. Eu estou muito tranquilo. O meu foco é outra coisa, é trabalho. […] No meu aspecto, eu não me sinto, em nenhuma condição, tolhido para trabalhar, por conta dessa gravação, que não me compromete em nada. Portanto, por conta disso eu não me sinto em condições, em compromisso de pedir para sair”, disse Jucá, em entrevista por telefone.

“Para mim, essa gravação, eu considero algo banal, porque eu disse isso, que está na gravação, em todas as entrevistas para jornalistas que eu dei. Isso não é nenhuma novidade, nenhum segredo. […] Tudo isso está muito tranquilo na minha consciência. Agora, o cargo é do presidente. Cabe a ele falar sobre isso”, complementou o ministro do Planejamento.

Jucá disse ainda que não conversou com o presidente em exercício Michel Temer após a divulgação das conversas mas que irá fazê-lo. “Estou muito tranquilo, nós temos aí uma longa tarefa para fazer, mas eu vou conversar com o presidente e ouvir a opinião dele, que é o que vale”, afirmou.

1 Comentário

Serra: Vereador acompanha agenda em Bernardo Vieira

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

DSC05912

No último sábado (21), o vereador Sinézio Rodrigues participou junto ao prefeito Luciano Duque, da entrega à comunidade de Bernardo Vieira, na zona rural de Serra Talhada, da Unidade de Saúde de Família (USF), que recebeu o nome do ex-vereador antigo morador do povoado, Isivaldo Conrado de Lorena e Sá, falecido em 2011.

O evento contou com a presença da secretária de saúde e filha do homenageado, Márcia Conrado, da comunidade local e de alguns representantes do legislativo municipal. O momento foi de emoção principalmente quando a secretária relembrou a trajetória e luta de seu pai para melhoria de Bernardo Vieira.

Para Sinézio Rodrigues, a entrega de um equipamento como o da USF é de extrema importância para a comunidade. O vereador elogiou o prefeito pelo compromisso com as pessoas tanto da cidade quanto da zona rural do município.

“É uma marca do governo Luciano Duque trabalhar com toda a eficiência na questão da saúde. Hoje chegamos nas USF’s e vemos toda uma estrutura feita com carinho para oferecer o melhor para a população. Isso chama-se respeito para com as pessoas”, salientou.

Clique aqui e comente sobre isto

Vicentinho sai do jogo e abre espaço para pré-candidatura de Emídio Vasconcelos

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016
Vicentinho e Emídio

Vicentinho e Emídio

O vereador Vicente Zuza, o Vicentinho, retirou seu nome dos pré-candidatos a prefeito da oposição em Afogados da Ingazeira. A informação foi confirmada pelo pré-candidato do PT, Emídio Vasconcelos, que agora é o nome que fica para a disputa.

“Vicentinho realmente retirou o nome. Disse que iria se isolar e não seria candidato a nada. Ele  retirou o nome, mas não rompeu conosco”, disse.

Entretanto, o blogueiro Júnior Finfa disse com base em uma fonte que Vicentinho  não concordou com os critérios adotados pelos partidos para escolha do nome, afirmou que não vota no petista e que sua decisão pode fazer com que surja mais uma candidatura nas oposições.

Outra novidade foi o lançamento da pré-candidatura do PM Itamar França, pelo PRP. O partido terá de oito a dez candidatos a vereador.

Clique aqui e comente sobre isto

Sertânia: oposição diz que falta manutenção do calçamento

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

O Sertânia News denuncia que não faltam buracos nas ruas de Sertânia. “Há ruas que estão quase intransitáveis. Nossa redação recebeu fotos e vídeos de um pequeno acidente ocorrido na rua 03, vila da Cohab”, questiona.

Pelas imagens, percebe-se que a prefeitura começou a fazer o serviço, mas ele não foi concluído e não houve interdição da área. “A secretaria de serviços públicos não dispõe de um único cavalete. Muitos acidentes de carro e moto já ocorreram por falta de serviços simples como seria este”, critica.

 

Clique aqui e comente sobre isto

Em gravações, Romero Jucá fala em pacto para deter lava jato

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

1613417

Em diálogos gravados em março passado, o ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá (PMDB-RR) sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma “mudança” no governo federal resultaria em um pacto para “estancar a sangria” representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos.

Segundo reportagem de Rubens Valente para a Folha de São Paulo, as conversas, que estão em poder da PGR (Procuradoria-Geral da República), ocorreram semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Machado se mostrou preocupado com o envio do seu caso para a PF de Curitiba e chegou a fazer ameaçadas: “Aí fodeu. Aí fodeu para todo mundo. Como montar uma estrutura para evitar que eu ‘desça’? Se eu ‘descer’…”.

O atual ministro afirmou que seria necessária uma resposta política: “Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar essa sangria”, diz Jucá. Ele acrescentou que um eventual governo Michel Temer deveria construir um pacto nacional “com o Supremo, com tudo”. Machado disse: “aí parava tudo”.

Segundo Jucá, “ministros do Supremo” teriam relacionado a saída de Dilma ao fim das pressões da imprensa e de outros setores pela continuidade das investigações da Lava Jato. O ministro do Planejamento afirmou que tem “poucos caras ali [no STF]” ao quais não tem acesso e um deles seria o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no tribunal, a quem classificou de “um cara fechado”.

O atual ministro concordou que o envio do processo para o juiz Sérgio Moro não seria uma boa opção e o chamou de “uma ‘Torre de Londres'”, em referência ao castelo da Inglaterra em que ocorreram torturas e execuções entre os séculos 15 e 16. Segundo ele, os suspeitos eram enviados para lá “para o cara confessar”.

Na conversa, eles dizem que o único empecilho no pacto era o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), porque odiaria Cunha. “Só Renan que está contra essa porra. ‘Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha’. Gente, esquece o Eduardo Cunha. O Eduardo Cunha está morto, porra”, afirma Jucá no diálogo, que foi gravado.

“O Renan reage à solução do Michel. Porra, o Michel, é uma solução que a gente pode, antes de resolver, negociar como é que vai ser. ‘Michel, vem cá, é isso e isso, isso, vai ser assim, as reformas são essas'”, disse Jucá ao ex-presidente da Transpetro.

O advogado do ministro do Planejamento, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirmou que seu cliente “jamais pensaria em fazer qualquer interferência” na Lava Jato e que as conversas não contêm ilegalidades.

2 Comentários

Afogados: 2ºMostra Pajeú de Cinema começa nesta terça-feira

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

artigo_3A 2º Mostra Pajeú de Cinema começa a sua 2º edição nessa terça-feira, 24 de maio, serão cinco dias de exibições, debates e reflexão sobre o cinema, no Cine São José, em Afogados da Ingazeira.

Na manhã da terça, com a programação voltada para a criançada, a Mostra Infantil reúne filmes de todo o Brasil, com temáticas variadas e atuais, a partir das 8h, no Cine São José e com entrada gratuita.

Ainda na terça-feira, à noite a programação é dedicada aos adultos, com exibição de filmes a partir das 18h30, a sessão de Curtas do “Programa 1 – Máscaras”, e logo em seguida o longa-metragem “Boi Neon” (2015), do pernambucano Gabriel Mascaro abre oficialmente a Mostra de Longas Pernambucanos.

Durante as noites seguintes a programação continua com a sessão de curtas nacionais, com temas importantes e apresentando em diversas abordagens, passando da resistência à poesia, sempre a partir das 18h30, e às 20h os longas-metragens, com entrada gratuita.

A programação segue com atividades de formação e exibição na quarta e quinta-feira pela manhã, também no Cine São José e com portas abertas ao público, no dia 25, teremos o seminário “Cinema e Gênero”, e na quinta 26, a palestra sobre a Lei 13.006/14. As atividades de formação são gratuitas e começam sempre às 9h.

No sábado, dia 28, teremos uma sessão de curtas do “Programa Cine Rua”, à partir das 10h, seguida do seminário “Cine Rua”, organizado em parceria com o Movimento #CineRuaPE, que trata da defesa dos cinemas de rua em todo o estado, incluindo o Cine São José de Afogados.

Na noite do sábado, dia 28, às 18h30, no último dia da 2º MPC, o “Programa Transcender” encerra a mostra de curtas, e logo em seguida o longa-metragem “Todas as Cores da Noite” do diretor Pedro Severien encerra o evento.

A 2º Mostra Pajeú de Cinema é realização da Pajeú Filmes, com apoio da FEPEC, Rádio Pajeú, Estúdio ISO, #CineRuaPE, Associação Cultural São José, Secretária Municipal de Turismo, Cultura e Esportes, Secretária Municipal de Educação e da Prefeitura de Afogados da Ingazeira.

Veja trailler de Boi Neon:

Clique aqui e comente sobre isto

Pouca gente nas primeiras inaugurações da emancipação de Tabira

Publicado em Sem categoria por em 23 de maio de 2016

Inauguracao em TabiraPor Anchieta Santos

A foto é do desenlace da fita inaugural da pavimentação da Rua José Severino do Nascimento e Travessa Lúcia Luzia da Soledade no Bairro de Fátima.

Marca o início da programação política de Tabira. É uma demonstração do público que compareceu ao chamamento da Prefeitura de Tabira para o evento.

Com o carro de som ao fundo, um casal, duas crianças, duas senhoras provavelmente representado as famílias dos homenageados e de autoridades segurando a fita, apenas o Prefeito Sebastião Dias e o Secretário de Obras Josimar Amaral.

Clique aqui e comente sobre isto

Influência de Eduardo Cunha constrange governo de Michel Temer

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
16088303

Uol/Folha de São Paulo

A sombra de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deputado afastado da presidência da Câmara e do mandato desde o último dia 5, tem despertado críticas e receios entre aliados de Michel Temer e integrantes do PMDB no Senado.

O núcleo do governo interino se esforça para minimizar a nomeação de pessoas próximas a Cunha em postos-chave para a nova administração, mas o deputado demonstra disposição em impor gente de sua confiança como interlocutores inevitáveis de Temer com o Congresso.

Cunha foi afastado do cargo a menos de uma semana da votação do impeachment no Senado. Era um período delicado para Temer, mas o deputado foi à residência oficial do hoje presidente interino no domingo seguinte a sua queda.

Na conversa com Temer, deixou claro que não pretendia recolher as armas. Disse que lutaria na Justiça para reaver o mandato e que se manteria politicamente organizado. A prova de que falava sério veio dias depois.

O afastamento de Cunha alçou Waldir Maranhão (PP-MA) à presidência da Câmara. Deputado de pouca expressão, sempre foi aliado do peemedebista, de quem só se afastou às vésperas do impeachment. Maranhão tentou se firmar no cargo, mas foi alvejado por aliados de Cunha e por PSDB e DEM.

Ameaçado até de expulsão por sua sigla, voltou-se para o peemedebista. Conseguiu uma trégua. Desde o afastamento de Cunha, Maranhão foi pelo menos duas vezes à casa dele. “Mesmo afastado, Cunha continua usando seu poder para comandar a Casa por meio do presidente interino”, avaliou Pauderney Avelino (AM), líder do DEM.

A maior prova da força de Cunha, no entanto, veio à tona esta semana, quando deputados do chamado “centrão” reuniram cerca de 300 assinaturas para impor a escolha de André Moura (PSC-SE) como líder do governo Temer na Casa. O bloco teve participação decisiva na eleição do peemedebista para a presidência da Câmara, em 2015.

O número de apoios a Moura fez Temer ceder. As primeiras críticas vieram pelo currículo de Moura, que já foi acusado até de tentativa de assassinato, o que ele nega.

Senadores criticaram a posição de Temer –Renan Calheiros (PMDB-AL) o fez publicamente–, e, os mais próximos ao interino manifestaram preocupação com que ele se torne “refém” de Cunha.

Numa tentativa de amenizar essa impressão, deputados aliados ao presidente interino afirmam que, uma vez indicado, Moura tende a se afastar de Cunha para formar seu próprio núcleo de influência. “Hoje Cunha não é o mesmo que era ontem. E amanhã já não será mais o mesmo de hoje”, define um deputado do PMDB.

O Planalto, por sua vez, tenta disseminar a versão de que Moura é o sintoma de um movimento mais amplo de todos os partidos pequenos e médios da Câmara para mudar o eixo do poder na Casa e minimizam o poder de Cunha sobre o governo interino.

Clique aqui e comente sobre isto

Irmão de Prefeito, Duquinho se alinha a projeto da oposição em Serra Talhada

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
Fotos: WhattsApp

Duquinho, de preto ao centro: apoiando Dr Nena, de branco, a esquerda. Fotos: WhattsApp

Em Serra Talhada, o domingo foi de busca pelo fortalecimento da campanha de Nena Magalhães, nome do PTB à Prefeitura de Serra Talhada. A ideia de um encontro de amigos e correligionários do candidato na Capital do Xaxado foi fazer da candidatura do médico a principal alternativa da oposição, enquanto o grupo de Sebastião Oliveira ainda não se definiu sobre como e com quem vai liderar o projeto de combate à candidatura de Luciano Duque à reeleição.

O deputado estadual Augusto César (PTB) e o Presidente do partido Adelmo Rodrigues articularam o encontro. A ideia foi mostrar que a candidatura do PTB à prefeitura de Serra Talhada está consolidada.  “Dr. Nena é nosso candidato pra valer“, disse Adelmo em entrevista à Vilabella FM. Entretanto, não fechou questão em conversar com outros nomes que querem enfrentar o prefeito candidato a reeleição

IMG-20160522-WA0014

Muita gente passou na feijoada para sinalizar apoio ao projeto de PMDB e PTB

O evento de hoje aconteceu no Clube do Matuto com presença a imprensa regional. A principal adesão anunciada foi do PMDB do empresário e irmão do atual prefeito  João Duque Filho, o Duquinho. O irmão do prefeito Luciano Duque (PT) prometeu entrar com os dois pés na campanha de Dr Nena. O grupo quer protagonizar a oposição, como principal alternativa ao prefeito e candidato a reeleição.

Eles ainda esperam ter o apoio de Carlos Evandro, principalmente a partir da possibilidade de alinhamento entre PR e PT, ainda não totalmente descartada. O ex-prefeito, que comanda o PSB na cidade, foi convidado, mas não apareceu. Nena Magalhães garantiu que as conversas para aliar PMDB, PTB e PSB no bloco são animadoras. O encontro contou com nomes governistas e da oposição. O líder do governo Duque, sempre folclórico Manoel Enfermeiro, era uma das presenças.

Clique aqui e comente sobre isto

Afogados: nomes de Vicentinho e Emídio crescem como opções da oposição para disputa em outubro

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
Vicentinho e Emídio

Vicentinho e Emídio

Em Afogados da Ingazeira, intensifica-se a articulação dos partidos de oposição para escolha do nome que enfrentará o prefeito e candidato a reeleição José Patriota (PSB). Os próximos dias serão decisivos para afunilar a escolha.

As negociações ganharam corpo depois que o ex-prefeito Totonho Valadares passou a adotar um discurso mais light, sinalizando unidade com o atual prefeito.

Com isso, a possibilidade de uma aliança entre ele e nomes da oposição já é tida como descartada. Assim, dois nomes ganharam mais força para encabeçar uma chapa majoritária: o vereador Vicente Zuza, o Vicentinho e o petista Emídio Vasconcelos. Renon de Ninô, que decidiu por não disputar a reeleição para a Câmara tem o nome cotado para vice.

Vicentinho vem de mais um mandato como vereador e esteve entre os que protagonizaram mas ataques à atual gestão, dentre eles, a crítica de que o governo teria problemas, sendo entretanto muito bom de marketing. Emídio, quando tem se pronunciado, também tem questionado a gestão e o prefeito. No último posicionamento, criticou Patriota por não fazer nenhuma declaração contra o Impeachment de Dilma, que chama de golpe.

O grupo ainda conta com nomes como o jornalista Fernando Moraes, que já integrou chapa com a ex-prefeita Giza Simões. Falando em Giza, o filho Danilo Simões não só se manterá afastado de disputas como quer distância até da discussão no processo, pelo que teria sinalizado recentemente.

No chamado debate programático, a oposição promete usar como “bíblia” o plano de governo de Patriota em 2012. A ideia é comparar o percentual do que prometera a gestão e do que foi executado.

Clique aqui e comente sobre isto

Crise econômica aumenta criminalidade em Pernambuco

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016

mortes-arteA crise econômica que castiga o Brasil desde o final de 2014 tem reflexos diretos no combate à criminalidade em Pernambuco. A análise é  do JC On Line em reportagem especial deste domingo.

A comparação entre as curvas do Produto Interno Bruto (PIB) e dos dois principais indicadores de violência do Estado, homicídios e crimes contra o patrimônio (roubos, furtos, sequestros, entre outros) mostra que a escassez de recursos na máquina pública turbina as estatísticas negativas.

Apenas nos primeiros quatro meses de 2016, os crimes contra o patrimônio tiveram aumento de 37%, e os homicídios, de 8%. O Estado fechou 2015 com uma inédita retração de 3,5% na economia.

Nem sempre foi assim. A primeira redução significativa de homicídios em Pernambuco aconteceu em 2010, quando foram registrados 13,6% menos assassinatos. O momento financeiro do Estado, naquele ano: crescimento de 7,7% acima da média nacional, que foi 7,5%.

Nos anos seguintes, a economia continuou crescendo, mas em níveis cada vez mais modestos. Em 2013, o Pacto pela Vida alcançou seu melhor desempenho: 3.102 homicídios (foram 4.591 em 2007, quando o programa foi criado). Os crimes contra o patrimônio tiveram redução de 7,6% naquele ano.

Em 2014, teve início a virada negativa. O então governador Eduardo Campos saiu do comando do Estado para se candidatar à presidência, deixando em seu lugar o vice, João Lyra Neto. Preterido na escolha para ser o candidato à sucessão de Campos, Lyra governou com o freio de mão puxado. O Estado ainda cresceu tímidos 2% naquele ano, mas os reflexos do início da crise já deram as caras: os crimes contra o patrimônio tiveram aumento de 24%, e os homicídios, de 11%.

Paulo Câmara assumiu um Estado já assombrado pela crise econômica, o que fez com que atravessasse 2015 com sérios problemas na área de segurança. Foram rebeliões em presídios, ameaças de greves e trocas de gestores nas Polícias Civil e Militar. Resultado: aumento de 13% nos homicídios e 30% nos crimes contra o patrimônio.

Os pequenos roubos e furtos pipocaram em 2016. Segundo o titular da pasta, Alessandro Carvalho, 75% desses delitos são praticados contra pedestres, com frequência para subtrair celulares e cordões. Crimes democraticamente distribuídos entre o calçadão da Praia de Boa Viagem e as áreas mais decadentes do Centro do Recife, passando pelos bairros de classe média e periferias da Zona Norte.

Cada vez com menos recursos, as forças de segurança enfrentam problemas no combate ao crime. Um policial militar, que pediu para não ser identificado, resume como a delicada situação do Estado tira o fôlego da corporação nas ruas. “A cota de combustível diminuiu para R$ 150 por dia. Há dois anos, a gente enchia o tanque. Ou seja, estamos patrulhando menos”, afirma o soldado. Segundo ele, a situação financeira faz com que 90% da tropa recorra ao Programa de Jornada Extra de Segurança (Pjes). “Isso tem um custo: um policial cansado nunca vai patrulhar com a mesma eficiência.”

Para o economista Jorge Jatobá, crises financeiras podem criar ambientes propícios para a criminalidade, mas ele defende que não há uma relação tão fatalista de causa e efeito entre as duas coisas. “Situações adversas do ponto de vista econômico aumentam o caldo de cultura que pode levar a população à convivência com delitos, mas é preciso ter cuidado para que não se criminalize os mais pobres”, afirma.

Clique aqui e comente sobre isto

Afogados: capela histórica do CNE será reaberta para acolher Bairro Manoela Valadares

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
A capela histórica não era aberta a alguns anos. Informações e foto: Afogados On Line

A capela histórica não era aberta a alguns anos. Informações e foto: Afogados On Line

Começaram os trabalhos de restauração da capela que fica localizada no Colégio Normal Estadual de Afogados da Ingazeira.  A capela que se encontrava desativada e servindo de depósito passará por uma ampla reforma e será entregue a comunidade do bairro Manoela Valadares para a realização de missas e demais encontros católicos da comunidade.

Um requerimento de autoria da vereadora Antonieta Guimarães chegou a ser apresentado na Câmara de Vereadores e foi aprovado por unanimidade, solicitando que o espaço que estava ocioso ficasse a disposição do bairro, que não tem templo próprio.

Houve também solicitação de uma comissão da comunidade solicitando junto ao Governo do Estado a cedência do prédio, já que era um pleito antigo dos moradores que não tinha um local para a realização de cultos religiosos.

Segundo Rosa Amélia, do Setor Missionário 5, a cedência foi autorizada pela Gerência Regional de Educação (GRE), através da responsável pelo órgão, Cecília Patriota. “Ela nos prometeu entregar a capela após os reparos necessários”, afirmou.

Será uma forma de parceria da comunidade com a escola que também usará a capela para a realização de encontros religiosos, a exemplo de missas de formaturas. A capela é histórica e data da inauguração da escola, a primeira de Afogados da Ingazeira.

1 Comentário

Belmonte: lutador sertanejo de MMA morre em acidente na PE 430

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
Foto: Redes Sociais/Belmonte Diário

Foto: Redes Sociais/Belmonte Diário

Um jovem de 19 anos morreu e outros dois – de 22 e 26 – ficaram feridos em um acidente na PE-430 neste sábado (21) em São José do Belmonte. De acordo com a Polícia Militar, os três estavam em um mesmo carro. Ainda não se sabe a causa exata do acidente. “Possivelmente foi um capotamento, já que só um veículo se envolveu”, disse a polícia.

A vítima fatal foi Sandro Hecílio Silva, 19 anos (foto). Ele era  campeão amador de MMA, natural de Belmonte, e lutava para tentar melhorar a carreira em busca da profissionalização. A PE 430, rodovia que liga São José do Belmonte ao estado do Ceará e já foi palco de muitos acidentes.

Também segundo a PM, o jovem de 19 anos morreu no local. As outras duas vítimas foram para uma unidade de saúde. A polícia não soube informar para qual hospital eles foram levados nem o estado de saúde deles. O caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São José do Belmonte.

Segundo informações ao Belmonte Diário, o atleta voltava de um evento na cidade de Jati-CE, juntamente com dois amigos, conhecidos como Juninho da Academia e Henrique Silva, Personal Trainer, quando o acidente ocorreu, nas proximidades da comunidade da Lagoa da Extrema.

Clique aqui e comente sobre isto

Senado define na terça cronograma do impeachment de Dilma

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016

Ricardo-LewandowskiA segunda etapa do processo contra a presidente afastada Dilma Rousseff no Senado começa na próxima terça-feira (24) com a apresentação do plano de trabalho do relator da Comissão Especial do Impeachment, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Até agora, já foi dado prazo de 20 dias, que terminam no dia 31 de maio, para que a presidente afastada apresente uma nova defesa por escrito.

Chamada de pronúncia, é nesta fase que também são juntadas ao processo todas as provas consideradas importantes por acusação e defesa. Pode haver ainda audiência de testemunhas, diligências e debates entre a acusação e a defesa.

A partir daí, um novo relatório será elaborado por Anastasia, votado na comissão e depois no plenário da Casa. Assim como na fase de admissibilidade, de novo, em ambas as votações (na comissão e no plenário), será exigida maioria simples, ou seja, metade mais um dos senadores presentes a sessão. Se aprovado o relatório no plenário, após 48 horas, será marcado o último julgamento que pode tirar definitivamente a presidenta Dilma do cargo.

Clique aqui e comente sobre isto

Temer financiou candidatos em 2014 com doações de empresas da Lava Jato

Publicado em Sem categoria por em 22 de maio de 2016
Do Uol

Do Uol

A campanha de Michel Temer para a Vice-Presidência na chapa de Dilma Rousseff em 2014 doou R$ 4,7 milhões a candidatos e a diretórios de partidos com recursos recebidos de duas empreiteiras envolvidas no escândalo da Operação Lava Jato — OAS e Andrade Gutierrez.

Ao todo, a campanha do vice-presidente repassou R$ 16,5 milhões a 76 candidatos a vários cargos e a oito diretórios regionais do PMDB.

As doações declaradas de empresas para campanhas não são ilegais. Mas a chapa Dilma/Temer é alvo de quatro processos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que pedem a cassação do mandato por crimes eleitorais. Movidas pelo PSDB, as ações citam, entre os argumentos, as doações das empreiteiras envolvidas na Lava Jato como “abuso de poder econômico”.

Os advogados de Temer, porém, pedem a separação das contas e alegam que o vice-presidente geriu os próprios recursos na campanha.

Além das doações por meio da conta aberta para a campanha, Temer fez outras duas doações com recursos próprios no valor de R$ 50 mil cada uma. Por essas doações, foi condenado, em segunda instância, no último dia 3 de maio, e pode se tornar inelegível por oito anos. Também terá de pagar multa de R$ 80 mil.

Ele ainda pode recorrer da decisão. A condenação ocorreu porque as doações excederam 10% de seu patrimônio declarado na eleição de 2014, que foi de R$ 839.924,46.

As prestações de contas separadas dos recursos próprios de Temer e os de campanha existem porque, pela lei eleitoral, é obrigatória a abertura de uma conta específica para movimentações financeiras de campanha diferente da conta pessoal.

Em 2014, a campanha de Temer repassou R$ 11,9 milhões a 76 candidatos diferentes de cinco partidos: PT, PSD, PMDB, PCdoB e PDT. Desse total, R$ 3,3 milhões foram doados pela OAS.

As maiores doações a candidatos foram R$ 1,2 milhão para Roberto Requião (candidato derrotado ao governo do Paraná), R$ 1,1 milhão a Iris Rezende (postulante derrotado ao governo de Goiás) e R$ 900 mil a Confucio Moura (candidato eleito no governo de Rondônia). Os três são do PMDB.

Entre os cargos legislativos, R$ 900 mil foram para José Maranhão (eleito senador pela Paraíba) e R$ 814 mil para Dario Berger (eleito senador por Santa Catarina). Há também doações à campanha a deputado federal do Rio Grande do Sul de Osmar Terra (R$ 300 mil), que foi nomeado ministro do Desenvolvimento. Todos também são peemedebistas.

Recibo de doação da Andrade Gutierrez para o então candidato a vice-presidente Michel Temer. Foto: UOL

Recibo de doação da Andrade Gutierrez para o então candidato a vice-presidente Michel Temer. Foto: UOL

Para comitês e diretórios estaduais, Temer doou R$ 4,6 milhões, sendo que R$ 1,3 milhão teve a OAS como origem do dinheiro e R$ 100 mil vieram da Andrade Gutierrez. Os maiores beneficiários foram os comitês estaduais do PMDB do Pará(R$ 1,1 milhão), do Rio Grande do Norte (R$ 1 milhão), de Sergipe (R$ 1 milhão) e de São Paulo (R$ 960 mil).

Na prestação de contas dos gastos de Temer em campanha –feita em conjunto com a prestação de Dilma–, aparecem doações feitas à campanha dele pelo Diretório Nacional do PMDB no valor de R$ 9,6 milhões. Desses, a Andrade Gutierrez aparece como doadora de R$ 1 milhão.

O valor teria sido usado para pagar despesas de campanha como viagens, hospedagens, alimentação, prestação de serviços e produção de material de divulgação.

A reportagem fez três solicitações –nos dias 3, 5 e 12 de maio– ao PMDB para que se pronunciasse sobre as doações de empresas investigadas na Lava Jato e quais os critérios usados pela candidatura de Temer para fazer os repasses a outros candidatos, mas não obteve resposta.

Os questionamentos também foram enviados à assessoria direta de Temer, nos dias 16 e 17 de maio, mas também não foram respondidos.

Em resposta a outro questionamento da reportagem, o PMDB havia informado que “sempre arrecadou recursos seguindo os parâmetros legais em vigência no país”. Disse ainda que todas as doações estão “perfeitamente de acordo com as normas da Justiça Eleitoral”.

Já a Andrade Gutierrez afirmou  que “as doações para campanhas são direcionadas apenas para os diretórios nacionais dos partidos políticos”. “A definição das candidaturas que receberão esses recursos é feita pelos partidos, sem obrigatoriedade de informação às empresas doadoras”, completou. Procurada, a OAS informou que a empresa não está se pronunciando sobre o tema.

Para o advogado e jurista Márlon Reis, um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, o fato de Temer ter recebido uma alta quantia de empresas envolvidas na Operação Lava Jato pode ser um fator complicador em um eventual julgamento no TSE.

“Trata-se de um fato grave, que deve ser apurado dentro da lógica própria da Justiça Eleitoral. Ainda que não se comprove a prática de crime, é possível o reconhecimento do abuso do poder econômico”, analisou.

Reis diz que quatro processos atribuem à chapa Dilma-Temer o uso de recursos ilícitos para financiamento da campanha em 2014.

“São alegações gravíssimas que estão relacionadas a desvios descobertos no contexto da Operação Lava Jato. O Brasil aguarda ansiosamente pelo julgamento desses processos, já que se vão quase dois anos desde que foram ajuizados”, afirmou.

Clique aqui e comente sobre isto