Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Blog apresenta nomes dos mais questionados pelo TCE no Sertão. E tenta responder: quem foi listado já é um “ficha-suja”?

Publicado em Sem categoria por em 24 de maio de 2014
Lista do TCE, divulgada hoje e entregue ao TRE, vai dar muito o que falar. Confira

Lista do TCE,  entregue ao TRE, já está dando o que falar.

A lista provisória de gestores públicos estaduais e municipais que tiveram suas contas rejeitadas pelo TCE nos últimos oito anos, entregue pelo Tribunal ao TRE trouxe algumas particularidades.

Dos nomes sertanejos, estão entre os recordistas de contas rejeitadas alguns de destaque na política regional. O recordista de processos no TCE é mesmo Carlos Evandro (Serra Talhada) com 10 ao todo. Com oito processos, Genival Araújo (Betânia), Dr Maninho (Triunfo), e Teógenes Lustosa (Santa Terezinha) seguem na sequência.

Com sete processos, Cícero Simões (Calumbi). Na lista dos que tem seis processos registrados, Dinca Brandino (Tabira), José Lopes (Itapetim) e Nemias Gonçalves (Custódia). Com cinco, nomes como Marconi Santana (Flores) e Afonso Ferraz (Floresta).

Vale lembrar que a tradição da divulgação desta relação começou a dois anos anos e já causou algumas modificações no cenário eleitoral. Em Serra Talhada, Geni Pereira não teve os votos de sua última candidatura reconhecidos pelo TSE.

Em Betânia, o ex-prefeito Genival Araújo indicou sua esposa, Eugênia Araújo, para disputar um mandato por conta de problemas na Justiça Eleitoral. Cícero Simões indicou a esposa Edinete Simões para evitar problemas, mas perdeu para Joelson. São apenas alguns dos episódios verificados no Estado, que provam, a relação deve impedir sim algumas candidaturas.

Há casos e casos que serão analisados um a um pelo TRE. Mas já dá pra dizer que gestores ou ex-gestores que tiveram contas rejeitadas mantidas por um colegiado, no caso as Câmaras de Vereadores terão muitas dificuldades para disputar um novo mandato eletivo. É, há algo de novo no reino…

Obrigatório lembrar que podem e devem haver alterações até o dia 5 de julho, quando será divulgada a relação definitiva, que também será motivo de análise do blog. O TCE antecipou o prazo para que o Ministério Público Eleitoral tenha mais tempo para análise, a fim de imprimir maior efetividade ao comando da Lei da Ficha Limpa.

Por isso, tecnicamente, ainda não é correto cravar todos os nomes como fichas-sujas. Vai depender da avaliação do Tribunal, que já reverteu a dois anos algumas decisões. Zé Veras e Dinca Brandino, só para citar dois exemplos, costumam aparecer com assiduidade na relação, mas conseguiram o direito da disputa em 2012 na Justiça Eleitoral, o que não garante que isso vá se repetir.

Da redação: assessorias de nomes que aparecem na lista que queiram se manifestar apresentando defesa sobre o levantamento do Blog, com base em documento que é de conhecimento e acesso público, podem se manifestar pelos fones do blog ou através do email [email protected] .

Deixar um Comentário