Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Armando defende “mais governança” em Pernambuco

Publicado em Notícias por em 23 de julho de 2014

710cc7b2-4e1e-4246-8df0-44a880ef46fb

Candidato a governador do Estado pela coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro (PTB) defendeu que Pernambuco precisa de mais governança a partir de 2015 e que não há espaço para “experimentalismos” à frente da administração estadual. Na opinião de Armando, ter senso de governança é saber dar um sentido e um direcionamento estratégico ao projeto em prol da população. A defesa foi feita durante solenidade do Caxangá Ágape, ocasião em que recebeu uma homenagem da instituição e um diploma entregue pelo presidente Braga Sá pelos serviços prestados a Pernambuco e ao Brasil ao longo de sua carreira política.

“Um governador tem que ser alguém que saiba dar um sentido de direção, direcionamento estratégico. É como se você tivesse a responsabilidade de controlar os resultados. Gerentes, a rigor, técnicos, dominam os procedimentos. Nós havemos de encontrar essas pessoas na sociedade, nas empresas, nas universidades”, argumentou Armando, para um público formado por mais de 500 pessoas.

“Tudo de bom que nós já conquistamos foi porque nós tivemos uma liderança. Se já provamos do melhor, não vamos fazer experimentalismos. Na vida pública, isso pode ter um preço muito alto para a sociedade, acrescentou Armando, que recebeu elogios e moções de apoio do público.

Familiares do candidato a governador, como o ex-ministro Armando Monteiro Filho, pai de Armando, e Maria do Carmo, mãe do petebista, marcaram presença no evento. Os candidatos a vice, Paulo Rubem Santiago (PDT), e ao Senado, João Paulo (PT), bem como o senador Douglas Cintra (PTB), também prestigiaram a solenidade.

Deixar um Comentário