Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

“A Universidade Federal tem um papel fundamental na nova economia de Pernambuco”, defende Armando Monteiro

Publicado em Sem categoria por em 30 de janeiro de 2014

ufpe12

Entusiasmado com a expansão da Universidade Federal de Pernambuco para o Interior e para novos polos industriais, como o de Goiana, na Mata Norte do Estado, o senador Armando Monteiro (PTB) esteve nesta quinta-feira (30) na reitoria da UFPE para uma reunião de trabalho com o reitor Anísio Brasileiro e sua equipe.

Após ouvir uma série de apresentações sobre as demandas e planos de ampliação da instituição, Armando colocou-se à disposição para articular a bancada federal do Estado em favor de uma agenda de interesse da Universidade. A equipe do reitor irá preparar um documento definindo as prioridades dessa agenda. O Congresso Nacional retoma suas atividades, após o recesso, na próxima semana.

Na opinião do senador, “a UFPE terá um papel fundamental no desenvolvimento de Pernambuco” nos próximos anos porque o Estado está se reindustrializando, sobretudo graças a setores que demandam profissionais mais qualificados. “A nossa indústria foi relançada na direção de setores novos e importantes, mas setores mais complexos, que exigirão um trabalhador com um perfil profissional diferente e nós precisamos fazer um melhor encadeamento dessa indústria para que os efeitos internos sejam maiores”, defende Armando.

O senador considera essencial que a bancada federal defenda os planos de expansão e o fortalecimento da UFPE, principalmente a implantação de novas unidades no Recife e no Interior, além da ampliação dos projetos de produção de tecnologia a partir de convênios com as empresas privadas.

Durante a reunião, o reitor Anísio Brasileiro, o ex-reitor Amaro Lins e pro-reitores falaram sobre os planos de implantação de cursos de engenharia na região de Goiana, onde está se instalando a fábrica da Fiat, e de outras unidades, por exemplo, em Vitória de Santo Antão e Caruaru. “Olhando Pernambuco em direção ao futuro, não há nenhuma dúvida que o Estado volta a ter protagonismo no país. Mas, para isso, a gente não pode perder oportunidades. E o papel da UFPE, que é um ativo, é uma vantagem que nós temos, será fundamental”, ressaltou Armando.

Deixar um Comentário