Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

A Governador, promotor cobra mais PMs em Batalhão do Pajeú e defende vinda de filhos da terra, concursados e excedente de Salgueiro

Publicado em Sem categoria por em 31 de março de 2014

debate_19-02-14-dr.lúcio-653x330-600x303

Coordenador dos Promotores de Justiça do Pajeú, o promotor Lúcio Almeida Neto teve um encontro com o Governador Eduardo Campos para cobrar que PMs filhos do Pajeú que atuem fora da área do 23º BPM, que fica sediado em Afogados da Ingazeira, abriga 10 municípios e é deficitário em número de profissionais. O pedido teve como finalidade melhorar a qualidade do policiamento na região.

Segundo o promotor, houve uma sinalização positiva do governador para o pleito. Uma lista foi entregue a Eduardo Campos. O governador garantiu que o coordenador do Pacto Pela Vida não será exonerado na gestão João Lira. “O Governador acenou para essa vinda dos policiais que estão fora”.

PMs do Pajeú que atuam fora e não foram contatados podem ligar: A lista, com 31 PMs filhos da região que atuam em outra unidades foi entregue ao governador. PMs que não foram relacionados no levantamento poderão manter contato, segundo solicitou o promotor, com a PM Anita Ferreira, que é do Rotary Clube, pelo (87) 9621-8860.

O promotor também cobrou reforço diferenciado na nova cota de PMs que estarão atuando a  partir do anúncio da convocação de mais 2 mil PMs para o estado.

Outra cobrança foi a de que policiais que estejam excedendo Batalhões que já atingiram a meta quantitativa sejam realocados no Batalhão. Ele deu o exemplo de Salgueiro. “Claro que temos como argumentar. Temos áreas do Estado que estão com policiais por número de habitantes no número até duas vezes maior ou três vezes maior. Se a gente tirar por exemplo trinta do Batalhão de Salgueiro e botar aqui não vai fazer grande diferença porque lá tá com excesso de efetivo e aqui está menos da metade”.

Ouça:

Deixar um Comentário