Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

A crise d’água em Quixaba foi o tema de hoje no Debate das Dez

Publicado em Sem categoria por em 14 de janeiro de 2014

Jpeg

Na próxima quinta-feira (16), será realizado em Quixaba uma manifestação em prol da melhoria do abastecimento d’água no município.

Foi formada uma Comissão composta por políticos, religiosos e pessoas da sociedade civil, para representar a população junto a Compesa e autoridades competentes, na tentativa de resolver o problema.

Hoje (14) nos estúdios da Pajeú, representando Quixaba, o Padre Pedro Alexandre, o professor, integrante da Comissão de Protesto e blogueiro, Valdemir, o integrante da Comissão de Protesto, João Bosco, o secretário de obras Luiz Gozaga Araújo e os vereadores, Venceslau Silva e Neudiram Rodrigues, e os representantes da Compesa Sérgio Bruno, gerente em exercício e Washington Jordão, chefe de distribuição regional.

Padre Pedro disse que o problema de abastecimento de água em Quixaba já vem de algum tempo, mas que agora está piorando cada vez mais e que a tentativa da Comissão é de se não conseguir resolver por completo, mas que seja ao menos amenizado.

“Gostaríamos de saber o que a Compesa pode fazer pelo nosso município e se não der para resolver que pelo menos se amenize o problema”, disse Padre Pedro que ainda propôs uma parceria entre todas as autoridades competentes em prol de Quixaba.

Neudiram Rodrigues, disse que o debate em relação ao abastecimento de água no município já vem sendo feito na câmara e que das cidades que estão com problemas no abastecimento Quixaba é quem vem sofrendo mais.

“Não estamos aqui dizendo que vamos resolver mas tentando alguma saída, Dr. Anchieta já tem corrido atrás” disse Neudiram.

João Bosco disse que a formação da Comissão partiu de Padre Pedro que vendo as lamentações da população teve a iniciativa.

Em relação a manifestação que ocorrerá na próxima quinta-feira vai ter uma grande repercussão contanto inclusive com a cobertura da TV Asa Branca.

Bosco aproveitou a ocasião para agradecer a Pajeú e a imprensa em geral pela atenção dada ao problema do município.

Bosco listou as datas que algumas ruas foram abastecidas pela última vez, sendo que algumas estão a mais de quarenta dias sem água e disse que a situação está bem difícil para o município.

Por telefone o ex-prefeito de Carnaíba e atual secretário das Cidades, Dr. Anchieta Patriota, disse que desde semana passada foi procurado pelos representantes da Comissão para que intercedesse junto a Compesa estadual pelo município de Quixaba.

Anchieta disse ainda que na quinta-feira passada, esteve reunido com o chefe de Operações do Interior da Compesa Fernando Lobo e que levou o problema até o mesmo onde houve a promessa de resolver o problema.

Professor Valdemir  disse que a dificuldade no abastecimento d’água que o município vem passando não é de hoje e que isso vem afetando e prejudicando o calendário letivo da cidade, já que sem água fica difícil a preparação da merenda e o uso dos banheiros.

Gonzaga disse que o problema no abastecimento de água em Quixaba “é um descaso” e que tem afetado a cidade de forma geral, prejudicando o açougue público, o hospital que muitas vezes precisa ser abastecido com carro-pipa, as secretarias e até a Prefeitura e deu como alternativa para o problema o desassoreamento do Açude de Serrinha.

“Quero pedir que seja cobrado o desassoreamento do Açude de Serrinha, pois essa Adutora vai continuar dando problemas”, disse Gonzaga.

Venceslau Silva disse que estão satisfeitos com o papel da Compesa em não fugir do problema e estar sempre a disposição para conversar e tentar resolver, também destacou a importância do Açude de Serrinha e disse que já foi feito oficio pedindo o desassoreamento do mesmo, só faltando ser entregue.

Venceslau disse ainda que é muito importante o apoio que todos tem dado a causa e destacou que quem ganha é a população.

“Como vereador quero dizer a vocês o seguinte, lá na câmara nos somos nove irmãos, temos divergências em algumas questões, mas em relação a ajudar a população estamos todos juntos, e fomos eleitos para isso”, disse Venceslau.

Venceslau disse ainda que a população de Quixaba já vem sofrendo há muito tempo com esse problema no abastecimento d’água, e disse que as pessoas não aguentam mais deixar de fazer a feira para comprar água.

Sérgio Bruno disse que a Compesa esta empenhada em resolver o problema de Quixaba e prometeu que entre sete a oito dias todas as Ruas de Quixaba serão abastecidas e as que não recebem água através da rede da Compesa, serão abastecidas com carro-pipa.

Sérgio também explicou que hoje ao contrário de outros municípios que tem uma segunda opção, Quixaba depende exclusivamente do sistema da Adutora e que o mesmo ainda encontrasse em processo de estabilização tendo algumas interrupções.

“Ainda não tivemos dez dias seguidos de abastecimento sem interrupção através da Adutora”, disse Bruno.

Bruno também prometeu analisar a situação do Açude de Serrinha e se for o caso levar o caso a Compesa estadual.

Washington Jordão disse que a Compesa vai fazer o que puder para resolver o problema e destacou que a Adutora do Pajeú é um complemento e que com a vazão que se tem hoje não tem como atender a toda a região de modo satisfatório.

“A Adutora do Pajeú veio como complemento, acontece que no momento ela é a única opção para distribuição d’água, a região esta praticamente toda em colapso, com a vazão que a gente tem hoje é quase impossível prestar um serviço de boa qualidade para todos” disse Washington.

Clique aqui e ouça o Debate na íntegra

Do Pajeú Rádio Web

Deixar um Comentário